segunda-feira, 03 de agosto de 2020

Notícias

Médico emite atestado por infecção de coronavírus

A Prefeitura de Barretos informou ontem que instaurou um processo para investigar um atestado emitido ontem (18) por um médico que atende na UBS do Luis Spina, que concedeu afastamento de 7 dias para um munícipe que estaria com o coronavírus.
A Secretaria de Saúde informou que o atestado “é resultado de um erro cometido pelo médico”, esclarecendo que para o diagnóstico da doença Covid-19, é necessário a realização de exame específico, em laboratório, e que o resultado pode demorar até dez dias para ser confirmado.
“Também é de conhecimento que as pessoas que apresentam sinais e sintomas da doença devem se recolher, em quarentena domiciliar, pelo período mínimo de 14 dias. Portanto, o texto do tal atestado não corresponde às recomendações da OMS – Organização Mundial de Saúde e o documento deve ser desconsiderado”, finaliza a Secretaria, informando que o caso será apurado e, se necessário, serão tomadas medidas judiciais.

Compartilhe: