Ir para o conteúdo

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Notícias

Mecânico é preso depois de agredir ex-amásia e ofender e ameaçar policiais

Os Militares, cabo Hilton e soldado Ortega, apresentaram na delegacia a vítima D.C.R, mulher, 37 anos, moradora no bairro Henriqueta e o indiciado G.G.S., mecânico, 33 anos, morador em Frutal, Minas Gerais.
De acordo com os policiais, eles foram acionados a comparecerem até a Rua Dr. Urbano de Brito, para atenderem uma ocorrência sobre violência doméstica e no local eles foram recepcionados pela filha da vítima, que desesperada autorizou a entrada dos policiais no interior do imóvel para socorrer sua mãe, que estava sendo agredida pelo seu ex-amásio G.G.S.
No quarto os policiais encontraram a vítima no chão com o rosto todo ensanguentado e próximo à porta estava o indiciado, sendo a vítima indagada sobre o que havia acontecido, ocasião em que ela respondeu que manteve um relacionamento amoroso com o agressor pelo período de dois anos, e há cerca de dois meses estão separados.
Desta vez a vítima estava em sua casa, dormindo com seu namorado, quando o indiciado invadiu sua residência que estava com a porta destrancada, dirigiu-se até o quarto e passou a agredi-la com puxões de cabelo, socos e chutes pelo corpo, provocando-lhe ferimentos no nariz, testa e olho esquerdo.
Diante das circunstâncias, o cabo Hilton deu voz de prisão ao mecânico e quando ele estava no compartimento da viatura, o indiciado desacatou e ameaçou a equipe dizendo que iria atrás dos policiais, vindo ainda a xingá-los, proferindo diversas palavras de baixo calão, além de ameaçar a família dos policiais.
Na delegacia, ainda exaltado e agressivo, o indiciado voltou a proferir xingamentos e ameaça contra os policiais civis, sendo a prisão dada a ele ratificada.
O mecânico foi levado para a cadeia da cidade de Colina, onde permaneceu preso e a disposição da Justiça.

Compartilhe: