quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Notícias

Marmorista tenta esfaquear mãe, danifica viatura e ameaça policiais

O marmorista M.H.L.S., 33 anos, morador no bairro Hussein Genha, foi preso pelos Militares, cabo Maximiano e soldado Girardi, em razão de ele ter tentado esfaquear sua mãe, senhora A.C.L., 50 anos, moradora no mesmo local, ter danificado diversos objetos da casa, e depois de capturado, danificado a viatura policial.
De acordo com os policiais, eles foram acionados para atenderem ocorrência de agressão de filho contra a mãe, e no local, estavam todos na rua, mas quando o indiciado visualizou a viatura, correu para a residência e fechou o portão, não obedecendo a ordem policial de abordagem.
Os policiais insistiram na ordem de parada e então o indiciado foi em direção eles para agredi-los, sendo necessário o uso de força física moderada para contê-lo, e em revista junto a ele, nada de ilícito foi encontrado.
Foi mantido contato com a vítima e ela disse que tinha Medidas protetivas de urgência em desfavor do filho, que havia dormido na casa alguns dias e que ele ficava muito na rua, tendo usado drogas na madrugada estando muito alterado.
Os policiais perceberam que a residência estava em desordem generalizada, diversos objetos quebrados ou derrubados e que essa situação havia sido causada pelo indiciado, sendo ainda verificado que a janela do quarto onde a vítima se escondeu do filho, estava entortada em razão da força que ele fez para tentar arrancá-la.
O indiciado foi imobilizado e ao ser colocado no guarda-preso, ele deu uma cabeçada no vidro traseiro da viatura, vindo a quebrar o vidro e causar-lhe pequeno corte da cabeça.
Em buscas na residência os policiais localizaram uma faca, que a vítima relatou que foi utilizada para tentar agredi-la, sendo a faca apreendida e apresentada na delegacia junto com o indiciado, que estava muito alterado, aparentando estar sob o efeito de drogas, agitado, gritando, xingando e proferindo ameaças contra a equipe policial.

Compartilhe: