segunda-feira, 13 de julho de 2020

Notícias

Leitor do JBR pergunta: Quais são as orientações aos viajantes em tempos de COVID 19?

Diante do alerta internacional de saúde pública, decorrente da pandemia do coronavirus, os cuidados com a saúde do viajante devem ser redobrados afim de reduzir a exposição e transmissão da doença.
Caso haja necessidade de viagem para local com casos de COVID 19 em que seja inevitável o adiamento, é importante seguir as orientações das autoridades locais de saúde bem como adotar as medidas de proteção orientadas pelo Ministério da Saúde, listadas a seguir:

• Lave as mãos com frequência, com água e sabão, ou higienize com álcool em gel 70%.
• Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
• Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas e fique em casa até melhorar.
• Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos com água e sabão.
• Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
• Evite aglomerações e mantenha os ambientes ventilados.

Medidas como distanciamento social de 2 m entre pessoas, utilização de máscaras e isolamento social de grupo de risco também devem ser adotadas.
Durante a utilização de veículos de transporte, devido ao risco de contaminação por contato de superfícies compartilhadas, o reforço da higienização das mãos e a priorização da ventilação natural do veiculo são recomendados.
Ao retornar de viagem de um local com casos de COVID 19 é importante se atentar a sua condição de saúde nos 14 dias subsequentes ao retorno. Caso manifeste sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar, é necessário procurar uma unidade de saúde e informar detalhadamente os sintomas e seu histórico de viagem recente. Para quadros caracterizados por sintomas leves, a orientação é de isolamento domiciliar por 14 dias, evitando assim sobrecarregar os serviços de saúde, bem como o contato com indivíduos infectados.
Dessa forma, com a população devidamente informada, adotando as medidas de proteção individual e coletiva, estaremos contribuindo, não apenas à saúde pública mas na minimização dos impactos da doença no pais.

Leticia Santana Shinohara CRM: 205292

Esta sendo disponibilizado  o whatsapp do JBR (17-99773-1430)  para que encaminhem as principais dúvidas, pois no momento, o conhecimento é o nosso principal aliado.

Compartilhe: