Ir para o conteúdo

quarta-feira, 22 de maio de 2024

Notícias

Justiça manda soltar mulher acusada de matar companheiro em Barretos

A Justiça decidiu soltar, durante audiência de custódia realizada neste domingo (14), uma mulher de 44 anos que havia sido presa em flagrante na manhã de sábado (13) depois de confessar que matou o companheiro de 48 anos a facadas em Barretos.

Ao ser presa, ela afirmou aos policiais que efetuou os golpes de faca por ter sido agredida pela vítima, na madrugada do mesmo dia.

Durante a audiência, o juiz Hélio Alberto de Oliveira Serra e Navarro optou pela soltura da acusada ao considerar que ela não tem antecedentes criminais e não oferece riscos de fuga.

“O crime supostamente praticado é grave, não se nega, mas apenas a gravidade em abstrato não se presta a justificar a prisão provisória, uma vez que a autuada é primária e foi encontrada pela polícia na casa de sua mãe, o que demonstra que a princípio inexiste risco de fuga”, diz trecho da decisão.

Em contrapartida, o juiz estabeleceu medidas condicionais à liberdade provisória, como uso de tornozeleira eletrônica, comparecimento dela a todos os atos processuais e comparecimento mensal em juízo e permanência na sua residência entre 20h e 6h dos dias úteis e durante todo o período nos finais de semana e dias de folga.

Compartilhe: