Ir para o conteúdo

segunda-feira, 22 de abril de 2024

Notícias

Justiça condena a 31 anos de prisão casal acusado de torturar filhos adotivos em Colina

A Justiça condenou, a 21 anos e quatro meses de prisão em regime fechado, um casal de pais adotivos por torturar dois irmãos, de 6 e 7 anos, em Colina. Eles já estavam presos preventivamente desde 16 de agosto de 2023. O casal ainda terá de pagar uma indenização de R$ 100 mil para cada vítima.

O caso repercutiu em agosto do ano passado, quando a Polícia Civil recebeu uma denúncia do Conselho Tutelar da cidade. Durante as investigações, o delegado Gustavo Rodrigues Lopes Coelho obteve fotos que mostram hematomas espalhados pelos corpos dos irmãos.

De acordo com a polícia, um exame feito no Instituto Médico Legal (IML) confirmou que as lesões foram causadas por agressões. Além disso, os irmãos foram ouvidos por psicólogo e relataram que eram agredidos pelos pais.

Na decisão, proferida nesta terça-feira (01), a Justiça afirma que ficaram comprovadas as agressões como forma de aplicar castigos nas crianças.

 

Foto: divulgação

Compartilhe: