Ir para o conteúdo

sábado, 20 de julho de 2024

Notícias

Instituições Financeiras Antecipam Manutenção da Selic em 10,5% ao Ano em Reunião do Copom

As instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) estão prevendo que a taxa básica de juros, conhecida como Selic, será mantida em 10,5% ao ano durante a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) nesta semana. Esta estimativa foi divulgada no Boletim Focus desta segunda-feira (17), pesquisa semanal que reúne as expectativas para os principais indicadores econômicos do país.

Na última decisão em maio, o Copom reduziu a Selic para 10,5% ao ano, marcando a sétima queda consecutiva, porém com um ritmo de redução menor do que o observado anteriormente. Desde agosto do ano passado até março deste ano, os cortes eram de 0,5 ponto percentual a cada reunião, mas a última redução foi de 0,25 ponto percentual.

A decisão de manter a taxa está associada às preocupações do colegiado com as expectativas de inflação, que permanecem acima da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Em sua ata mais recente, o Copom indicou que futuros ajustes na Selic serão determinados pelo compromisso de convergência da inflação à meta.

Entre agosto de 2022 e agosto de 2023, o BC manteve a Selic em 13,75% ao ano por sete reuniões consecutivas, período em que os preços foram controlados, permitindo os cortes posteriores na taxa.

Para o mercado financeiro, as projeções indicam que a Selic permanecerá em 10,5% ao ano até o final de 2024, com expectativa de queda para 9,5% ao ano até o final de 2025. Para os anos seguintes, 2026 e 2027, as previsões são de novas reduções, chegando a 9% ao ano.

Compartilhe: