Ir para o conteúdo

sábado, 18 de maio de 2024

Notícias

Idoso perde dinheiro e tem empréstimo indevido em seu nome

Um senhor de 68 anos, que se identificou como H.R.O., foi até a delegacia e em relato ele afirmou que recebeu uma ligação de uma pessoa com voz feminina, a qual se dizia ser representante financeira de um banco, e a suposta funcionária informou que a vítima tinha um empréstimo consignado, dizendo o valor e os números dos documentos da vítima, afirmando ainda que o referido contato tinha como objetivo uma proposta de portabilidade de empréstimo consignado com redução de juros e parcelas.
A vítima então se interessou e, a pedido da suposta funcionária, enviou um Pix no valor de R$819,00 de sua conta para uma chave que lhe foi fornecida, e este valor, segundo o que foi falado pela mulher, seria para pagamentos de taxas do contrato.
Após enviar o Pix, a suposta funcionária informou que iria depositar na conta da vítima o valor de R$6.000,00 para a vítima estar pagando sua dívida, ocasião em que depois disso o idoso foi até o banco em que é cliente para retirar o dinheiro combinado e quitar sua pendência financeira, quando para sua surpresa verificou através do extrato que havia um empréstimo em sua conta, ou seja, um empréstimo consignado realizado na data em que recebeu a ligação, com 36 parcelas a pagar no valor de R$149,81 cada uma, com início no mês de novembro de 2023, empréstimo este que a vítima desconhece.

Compartilhe: