domingo, 17 de janeiro de 2021

Notícias

Hospital de Amor e Butantan confirmam que paciente teve reação moderada a Coronavac

O Hospital de Amor e o Instituto Butantan esclareceram na tarde de ontem (16), que é inverídica a informação que está circulando nas redes sociais de que uma das voluntárias dos estudos clínicos da vacina Coronavac, realizados no Hospital do Amor, em Barretos, tenha sofrido choque anafilático e passado por intubação após receber dose do imunizante. “Apenas uma voluntária teve reação moderada possivelmente associada a seu histórico de saúde, e não à vacina. Foi prontamente atendida, liberada e segue sendo monitorada”, esclareceram as unidades. Em Barretos, até o momento, segundo a médica Gecilmara Salviato Pileggi, 70 profissionais da saúde já receberam a vacina.
Testagem
Dos mais de 50 mil voluntários vacinados na China, 94,7% não tiveram nenhuma reação adversa. Outros 5,36% sentiram efeitos adversos de grau baixo. Entre os mais frequentes estão dor leve no local da aplicação em 3,08% dos voluntários, fadiga em 1,53% e estado febril moderado em 0,21% das pessoas. Os demais 0,54% apresentaram perda de apetite, dor de cabeça, fadiga e febre.

Compartilhe: