quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Notícias

Homem é preso vendendo cocaína pela caixa do correio de sua casa

Os Policiais Militares, cabos Cantarim e Medeiros, apresentaram preso na delegacia de Barretos o vendedor J.S.P., 24 anos, morador no bairro Henriqueta, o qual foi surpreendido traficando drogas na Rua Urbano de Brito, bairro onde reside.
De acordo com os Militares, eles estavam em patrulhamento pelas ruas do referido bairro, e receberam a informação de que o J.S.P., estaria exercendo o tráfico de drogas pelo local, tendo ele no ano passado sido apresentado na delegacia sob esta acusação, porém, na ocasião, sua prisão não foi tendo em vista o contexto apresentado.
Desta vez, com base nas denúncias que haviam sobre o indiciado, os Militares então foram até a casa dele e foi possível visualizar que o imóvel contém um corredor que dá visão para dentro da residência, momento em que os policiais avistaram pela fresta do portão, o indiciado dentro de um quarto e como o portão estava aberto, eles adentraram a residência para averiguar a denúncia.
Os policiais foram direto para o quarto onde o indiciado estava e o encontraram sentado, e então ele tentou correr, mas como naquele momento já havia vários outros policiais que chegaram em apoio, ele desistiu da fuga soltando uma sacola que tinha em suas mãos, vindo a se entregar, colocando as mãos na cabeça.
Foi realizada busca pessoal sendo encontrado no bolso de sua bermuda a quantia de R$500,00 em dinheiro e na sacola foram encontrados 25 pinos com cocaína.
Durante as buscas pelo imóvel, foi encontrada dentro da caixa de correio do imóvel, a quantia de R$175,00 em dinheiro, corroborando com a denúncia que dizia que a venda das drogas ocorria da seguinte forma: o dinheiro era deixado na caixa de correio e a droga era entregue pelo portão.
O indiciado confessou a prática do tráfico de drogas dizendo que durante a noite o “movimento” havia sido bom e que só havia restado os 25 pinos apreendidos pelos policiais e que não havia mais drogas na casa.
Também foi encontrado um celular junto ao indiciado, o qual foi apreendido tendo em vista que haviam conversas que davam a conotação de vendas de drogas pelo aplicativo Whatsapp, sendo dada voz de prisão ao homem, que foi conduzido até a delegacia, onde teve sua prisão ratificada, sendo ele recolhido em uma cela da cadeia de Barretos e depois levado para a cadeia da cidade de Colina onde aguardará decisão da Justiça.

Compartilhe: