Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Notícias

Henrique Prata expõe déficit na Santa Casa e pede para prefeita cumprir compromisso

O gestor da Santa Casa, Henrique Prata, apresentou ao radialista André Teixeira um balanço onde consta que entre o ano de 2016, quando assumiu a gestão, e outubro de 2023, o hospital acumula déficit de R$ 212,41 milhões.

Henrique conta que quando a prefeita Paula Lemos foi candidata, ele recebeu um pedido de apoio dela. Ele afirma que, à época, fez um acordo verbal diante de testemunhas com Paula para receber o repasse de R$ 500 mil por mês, totalizando R$ 6 milhões por ano à Santa Casa. “Antes R$ 6 milhões do que nada, eu ficava com inveja de Guaíra ter R$ 25 milhões, Bebedouro e Olímpia R$ 30 milhões”.

O gestor alega que o ex-prefeito Guilherme Ávila não repassou quase nada para a Santa Casa. ‘No último ano de sua gestão, foram repassados apenas R$ 100 mil’, disse. ‘Nos quatro anos, ele nos repassou R$ 2,91 milhões’, informou.

Ainda segundo o gestor, com a pandemia, a prefeita não cumpriu o acordo no primeiro ano nem no segundo ano de mandato, “e no terceiro ano fizemos uma reunião e conseguimos aprovar em documento, o orçamento com R$ 6 milhões. No segundo semestre de 2023, a prefeita parou de pagar”, contou.

“Estou chamando a atenção dela para que ela cumpra o compromisso ou ela ficará exposta, porque essas provas que temos apontam que, em três anos, ela teria que ter posto R$ 18 milhões e colocou R$ 8 milhões. Se ela afirmar que pois mais que todos os ex-prefeitos, ainda é nada”, observou.

Caso o acordo não seja cumprido, Henrique disse que irá agir com a lei. “Naturalmente que se eu tiver força na lei, eu vou pela lei. O município que não cumpriu o repasse combinado comigo. Nos outros anos, eu não tinha isso dentro da lei, o que eu estou fazendo hoje é buscar um respaldo e uma transparência para a sociedade saber o grau de responsabilidade [que envolve]”, finalizou.

 

Foto: Henrique Prata durante entrevista ao radialista André Teixeira

Compartilhe: