quinta-feira, 02 de julho de 2020

Notícias

Grupo Pastores em Ação confirma medidas para manter cultos em Barretos

O Grupo Pastores em Ação de Barretos, que reúne pastores representantes de 55 Igrejas Evangélicas de Barretos, estiveram reunidos na noite da última quinta (21), para discutirem a liminar concedida pela 3ª Vara Civil da Comarca de Barretos, através do juiz Douglas Borges da Silva, em Ação Civil Pública, movida pelo Defensor Público, Gustavo Samuel da Silva Santos, que voltou a proibir a realização de cultos, após ter ocorrido permissão em Decreto Municipal.
No encontro, coordenado pelo pastor Adeilson Sales, todos os líderes evangélicos se manifestaram contrários a liminar e definiram que os advogados do grupo, irão impetrar um agravo de instrumento com o objetivo de derrubar a decisão liminar, tendo inclusive o apoio do Departamento Jurídico da Prefeitura de Barretos. “O momento é de orar e interceder pela cidade, mas também de ação, e por isso que o grupo irá tomar essa medida para derrubar a liminar”, afirmou o pastor Adeilson.

Compartilhe: