Ir para o conteúdo

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Notícias

Grito dos Excluídos reflete saúde, moradia, mortes por Covid, desemprego e fome, afirma Irmã Bernadete

Hoje (7), acontece a 27ª edição do Grito dos Excluídos. Pelo segundo ano, sem ir para as ruas, em virtude da pandemia. Segundo a irmã Maria Bernadete Meneguelo, que faz parte da Pastoral Social da Diocese de Barretos, o grito estará abordando a luta por participação popular, saúde, comida, moradia e trabalho. “Que seja um grito pela vida, pela indignação com mais de 586 mortes por Covid-19 e mais de 130 mil crianças órfãos devido a morte de seus pais e parentes pela Covid-19, por 14 milhões de desempregados e 126 milhões que não tem o necessário para se alimentar”, afirmou a irmã Maria Bernadete.

Compartilhe: