quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Notícias

Governo de SP e prefeitura apostam em realização de GP Brasil em 2020.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, está otimista quanto à realização do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de 2020. A prova, que é disputada na capital paulista desde 1972 (e, de forma ininterrupta, desde 1989), ainda não foi confirmada no calendário oficial da categoria neste ano. O cronograma precisou ser repensado devido à pandemia do novo coronavírus. Segundo Covas, as condições sanitárias da cidade “não são a realidade do país” e não há risco para a realização da corrida, inicialmente prevista para novembro. O governador paulista, João Doria, foi ainda mais incisivo e citou o contrato em vigência com a Liberty Media (empresa responsável pela Fórmula 1), que vai até o fim do ano. Até quinta-feira (9), a cidade de São Paulo registrou 178 mil casos confirmados do novo coronavírus, com pouco mais de oito mil mortes. Na comparação com os sete dias antes, o boletim divulgado pela prefeitura apontava uma queda de 6% do número de novas internações, e de 5,8% no número de óbitos pela Covid-19.

Compartilhe: