Ir para o conteúdo

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Notícias

Governo de SP deve colocar estado na fase vermelha

Apenas serviços essenciais serão autorizados a funcionar aos sábados, domingos e feriados e no período noturno. Capital e Grande SP também devem regredir para a fase laranja do plano, na qual bares não podem operar. Reclassificação será anunciada na tarde desta sexta-feira (22).

Após mais uma semana de piora nos indicadores da Covid-19 em São Paulo, a gestão João Doria (PSDB) deve anunciar nesta sexta-feira (22) regras mais restritivas de isolamento social, e determinar que todo o estado fique na fase vermelha do plano de flexibilização econômica aos finais de semana e feriados. Nos dias úteis, a fase vermelha valerá a partir de 20h.

Nela, apenas serviços essenciais como padarias, mercados e farmácias, podem operar. Bares, restaurantes e comércio não poderão funcionar.

Seis novas regiões devem regredir à fase vermelha, na qual atualmente está apenas Marília. A capital paulista e a Grande São Paulo também sofrerão alterações e ficarão na fase laranja, que não permite o funcionamento dos bares.

O Plano São Paulo prevê o rebaixamento para fases com regras mais restritivas da quarentena em regiões que apresentam grande aumento semanal de novas internações, mortes, casos ou taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“As restrições de horários e serviços têm como objetivo diminuir a circulação das pessoas e, com elas, do vírus.”

Interior

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, a disparada de casos e mortes atinge de forma mais alarmante o interior do estado.

“O que nós podemos observar neste momento é que o interior atinge seu pico na pandemia. Nós temos a maior média móvel dada historicamente no interior do estado. A pandemia atinge todo o território aqui do estado, mas o interior de forma mais contundente”, afirmou o secretário em entrevista ao Bom Dia SP na manhã desta sexta (22).

Fonte:site G1

Compartilhe: