Ir para o conteúdo

sexta-feira, 12 de julho de 2024

Notícias

Girão cobra ‘altivez’ do presidente do Senado ante ‘abusos do STF’

Em pronunciamento no Plenário, nesta quinta-feira (4), o senador Eduardo Girão (Novo-CE) pediu uma “postura firme” do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, frente aos supostos abusos cometidos por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Girão afirmou que a sociedade está “aflita” com as ações do STF, enquanto o Parlamento se mantém “calado”. Ele disse que, embora o Supremo seja um pilar da democracia, os abusos têm se multiplicado, citando ações que, segundo ele, desrespeitam o Legislativo.

— Em algum momento, nossas futuras gerações vão nos cobrar por não termos agido diante de tanta aberração. Não vou falar da revogação da prisão em segunda instância, que destruiu a Lava Jato, nem do inquérito das fake news, que dura quase seis anos. Também não vou mencionar as ações do TSE nas eleições presidenciais, que beneficiaram explicitamente Lula — disse.

O senador também manifestou preocupação com a possibilidade de votação, pelo Senado, de matérias consideradas polêmicas de maneira “apressada”, antes do recesso parlamentar. Entre os temas que podem ser apreciados, ele destacou o projeto de lei que regulamenta o uso da inteligência artificial no Brasil (PL 2.338/2023), cuja complementação de voto foi lida ainda nesta quinta-feira (4) na Comissão Temporária que trata do assunto. Girão criticou a “rapidez” com que o projeto está sendo tratado.

 

Compartilhe: