Ir para o conteúdo

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Notícias

Furnas esclarece que Reservatório de Marimbondo opera com 19,20% do volume útil

Os municípios que são banhados pelas águas do Rio Grande, na região do Reservatório da Usina Hidrelétrica de Marimbondo, estão reclamando do baixo volume das águas, que vem afetando o turismo em toda a região e principalmente a pesca. Em contato com a Eletrobras Furnas, a assessoria de imprensa, enviou uma nota ao JBR, esclarecendo que o reservatório da Usina de Marimbondo, localizado entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais, encontra-se atualmente na elevação 432,63 metros, o que representa volume útil de 19,20%. “A Usina está operando conforme despacho do Operador Nacional do Sistema (ONS), com uma geração em torno de 451 MW, o que corresponde a 31% de sua capacidade instalada (1.440 MW). As comportas da Usina Hidrelétrica de Marimbondo foram abertas para teste, realizado anualmente, no dia 25 de novembro de 2021. O procedimento – autorizado e recomendado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) – faz parte de um conjunto de inspeções feitas para assegurar a integridade de vertedouros e comportas e não compromete o nível do reservatório, pois tanto sua duração quanto a vazão são pouco significativas. No procedimento de novembro de 2021, as comportas ficaram abertas por cerca de 15 minutos, com vazão de 40 m³ por segundo”, destacou a nota.
Por outro lado, a Eletrobras Furnas informou que cumpre estritamente as determinações dos órgãos reguladores na operação dos empreendimentos hidrelétricos sob sua concessão. “Os níveis dos reservatórios e a energia despachada são programados pelo ONS, responsável por operar o conjunto de reservatórios brasileiros de forma integrada, com o objetivo de garantir a segurança energética”, finalizou.

Compartilhe: