Ir para o conteúdo

terça-feira, 11 de maio de 2021

Notícias

Estudantes universitários estão entre os flagrados em festas clandestinas

No final de semana, as fiscalizações realizadas pela Vigilância Sanitária, confeccionaram oito autos de infração, entre eles, três relacionados a festas, sendo duas envolvendo estudantes universitários do curso de Medicina e um “Pancadão”, em casas particulares localizadas nos bairros Ibirapuera, City Barretos e América. Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Flávio Júlio do Nascimento, em cada um destes eventos havia uma média de 50 pessoas, sendo que muitos deixam o local com a presença da fiscalização. “Os organizadores receberam um auto de infração no valor de R$20 mil, tendo 10 dias para recorrer. Em seguida é elaborado o auto de imposição, penalidade e multa, com mais 10 dias para recorrer, conforme o Código de Defesa Sanitária. E posteriormente, os casos são levados ao conhecimento do Ministério Público, onde o promotor define se dá andamento como um crime de Saúde Pública ou algo semelhante, passando a responder pelo artigo 268 do Código Penal”, afirmou Flávio.
Segundo o coordenador da Vigilância, o que chamou a atenção dos agentes, é que em duas festas constatadas no final de semana, foram organizadas por estudantes de Medicina de Barretos que tem conhecimento conhecimento da gravidade da doença.

Compartilhe: