quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Notícias

Em coletiva virtual, Juíza Eleitoral confirma convocação de mesários por email e WhatsApp

“Magistrada abordou combate as fake news, calendário eleitoral e votação na pandemia”

Na tarde de ontem, em entrevista coletiva virtual, a Juíza da 21ª Zona Eleitoral, Dra. Fernanda Martins Perpetuo de Lima Vazquez, concedeu entrevista coletiva a imprensa de Barretos. Na oportunidade, a juíza comentou as mudanças no calendário eleitoral de 2020, que terá votação no dia 15 de novembro e nas cidades com mais de 200 mil eleitores, o segundo turno está agendado para o dia 29 de novembro.
Mesários
Na coletiva, a juíza explicou que em virtude da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a convocação dos mesários que já trabalharam nas últimas eleições e os novos que se inscreveram em Barretos e Colômbia, será feita através do email ou pelo WhatsApp da Justiça Eleitoral, no início do mês de agosto. “Através de uma resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) todos os mesários serão convocados por email da zona eleitoral que é o [email protected] e através do WhatsApp oficial da zona eleitoral”, explicou a juíza.
Convenções
Com relação às convenções partidárias, a magistrada explicou que estão autorizadas para acontecer entre os dias 31 de agosto e 16 de setembro, devendo ser realizadas de forma virtual.
Segundo a Juíza Eleitoral, Dra. Fernanda Vazquez, o prazo para registro de candidaturas termina no dia 26 de setembro e nesta data também está permitido o início das propagandas eleitorais. “É importante que a propaganda ocorra de acordo com a legislação”, afirmou a juíza.
Fake News
Sobre as fake news, a juíza eleitoral, Fernanda Vazquez, disse que não é um assunto novo, e que sempre ocorreu, contudo com a internet, o tema passou a ter uma amplitude maior. “A melhor forma de combater a fake news é a informação concreta. Esse é o papel da imprensa, dar a informação correta. Checar bem às informações e não retransmitir, se tiver dúvidas da mesma”, orientou.
Votação
Com relação à votação, agendada para o dia 15 de novembro, a juíza eleitoral, Fernanda Vazquez, acredita que poderá ocorrer uma grande abstenção na votação. “Muitos eleitores, principalmente dos grupos de risco poderão se ausentar da votação. Mas, por ser uma eleição municipal, muitos também farão um esforço”, afirmou.
De acordo com o Cartório Eleitoral, Barretos tem 89.968 eleitores aptos a votar, incluindo os que não fizeram o Cadastro Biométrico e que foram incluídos após deixar de ser exigido o cadastro.

Compartilhe: