Ir para o conteúdo

quarta-feira, 03 de março de 2021

Notícias

Doença silenciosa, insuficiência renal mata um barretense por mês

Relatório disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) mostra que no ano passado, 68 barretenses ficaram internados em hospitais públicos da cidade para tratamento da insuficiência renal, sendo que 12 deles faleceram. A taxa de óbito no município é de 17,65%.
Embora a taxa de mortalidade seja ainda muito preocupante, a quantidade de internações e o número de mortes na cidade caíram na comparação ao ano de 2029, quando foram internados 80 pacientes e registradas 16 mortes, com a taxa de mortalidade chegando a 20%.
A doença
Insuficiência renal é a condição na qual os rins perdem a capacidade de efetuar suas funções básicas, entre elas a de filtrar o sangue para eliminar substâncias nocivas ao organismo e a manutenção do equilíbrio de eletrólitos no corpo. Calcula-se que a doença renal crônica atinja 10% da população mundial, atingindo pessoas de todas as idades, mas principalmente os idosos.
A estimativa é que a enfermidade afete um em cada cinco homens e uma em cada quatro mulheres com idade entre 65 e 74 anos, sendo que metade da população com 75 anos ou mais sofre algum grau da doença.

Compartilhe: