Ir para o conteúdo

quinta-feira, 04 de março de 2021

Notícias

Dívida do PIS/Pasep e do FGTS do município com a União chega a R$ 28 milhões

Segundo o Sistema de Análise da Dívida Pública (Sadipem), ferramenta da secretaria do Tesouro Nacional, o município de Barretos tem oito acordos de parcelamento da dívida feitos com a União, totalizando R$ 28,71 milhões.
Deste total, quatro foram assinados em 31 de dezembro último e totalizam R$ 27,65 milhões. As dívidas confessas e parceladas são referentes ao não repasse dos valores referentes ao PIS/Pasep e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
Os quatro parcelamentos mais antigos, contratados nos anos de 2011 e 2016, tinham como valor original R$ 4,27 milhões, sendo que o saldo devedor atual (31/12) é de R$ 1,07 milhão. Três deles terão que ser quitados ainda neste ano e outro até 2026.
Os quatro mais recentes, assinados em dezembro do ano passado, último mês da administração Guilherme Ávila, somam R$ 17,65 milhões e têm prazos finais para quitação os anos de 2021, 2023 e 2024.
Segundo a atualização da prefeitura no último dia 10, junto ao Sadipem, o município encerrou o ano de 2020 com uma dívida total de R$ 234,01 milhões, dos quais R$ 162,13 milhões em parcelamentos previdenciários junto ao Instituto de Previdência do Município e Governo Federal.

Compartilhe: