Ir para o conteúdo

terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias

Discussão por “encostar em carro” termina em ocorrência policial

Discussão por
“encostar em carro” termina em ocorrência policial

A ocorrência foi apresentada pelos Policiais Militares, cabos Paulino e Shinohara, os quais relataram que foram solicitados a comparecerem até a Rua Antenor Duarte Vilela, bairro Paulo Prata, e no local eles mantiveram contato com a M.T.S.S., mulher, 21 anos, tendo ela relatado que se desentendeu com o E.S.S., 24 anos, em razão de ele ter encostado em um veículo, tendo o homem desferido um tapa no lado esquerdo de seu rosto, porém sem causar lesões aparentes.
Já na delegacia o homem relatou que realmente estava encostado no carro da mulher, porém, depois do episódio, ou seja; depois de atender o pedido dela para que desencostasse do carro, ela veio a lhe ofender com xingamentos e encostando o dedo em seu rosto, sem causar lesões aparentes.
Diante dos fatos, as vítimas as duas partes resolveram registrar ocorrência, sendo eles orientados quanto ao prazo para oferecerem representação.

 

 

Relógio de energia é arrombado e fios são furtados em
residência no bairro Fortaleza

O senhor R.R.C., 40 anos, esteve na delegacia e relatou que é proprietário de uma casa situada a Rua 24, bairro Fortaleza, a qual está alugada para o W.F, e ainda de acordo com o declarante, o seu inquilino chegou ao imóvel e constatou que não havia energia elétrica na casa, e então, no dia seguinte, ele foi até a CPFL para saber o que teria ocorrido, e lá lhe informaram que estava tudo em ordem.
Desta forma o inquilino voltou para casa e então percebeu que o relógio de energia havia sido arrombado e os fios haviam sido cortados e levados.
Nas proximidades existem câmeras de segurança e a vítima se comprometeu a disponibilizar as imagens para fins de investigação.

 

 

Perturbação de sossego no bairro Benedito Realindo Correa

Moradora no Conjunto Benedito Realindo Correa, a senhora A.T.S., 58 anos, foi até a delegacia e noticiou que reside com seu marido F.C.C., 77 anos, em um apartamento no Bloco 6-A, e o seu vizinho, que reside no andar de cima, passa a noite jogando vídeo game, gritando e xingando enquanto joga, sendo isso até durante a madrugada, vindo a perturbar o sono e o sossego da vítima e de seu esposo, que possui uma idade avançada.
Também foi informado pela vítima que ela já teria tentado dialogar com o vizinho, mas na ocasião ela foi tratada com grosseria e xingada, tendo o autor afirmado que ele que não iria parar de jogar durante a madrugada.
O caso foi registrado como perturbação de sossego e encaminhado ao setor competente.

 

 

Estelionatário tenta aplicar
golpe e vítima desconfia

A vítima B.R.L.N., 44 anos, relatou na delegacia que seu irmão recebeu uma ligação de uma pessoa se passando por ele, e durante a conversa a pessoa teria pedido ao seu irmão que fosse efetuado um Pix para que ele pudesse pagar algumas contas.
O irmão da vítima desconfiou que poderia ser um golpe e então lhe telefonou para confirmar o pedido, ocasião em que a vítima negou se tratar de sua pessoa.
O desconhecido apresentava um determinado CPF para a transferência e solicitava a quantia de R$879,00 porém o valor não foi transferido em razão da negativa da vítima para seu irmão.
Na delegacia foram apresentadas cópias do diálogo, sendo o caso devidamente registrado.

Compartilhe: