Ir para o conteúdo

terça-feira, 05 de março de 2024

Notícias

Dermatologista explica sintomas e chances de cura do câncer de pele

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de pele é o mais frequente no Brasil, em homens e mulheres, com taxas altíssimas em mulheres das regiões Sul e Sudeste. Só em 2022, foram mais de 66 mil novos casos.

Nos primeiros nove meses deste ano, o Ministério da Saúde registrou 12 internações de barretenses para o tratamento da doença, que causou três óbitos. Em todo o ano passado, foram 20 internações, com cinco mortes.

A dermatologista do Hospital de Amor, Vanessa D´Andretta Tanaka (foto), explica que os dois principais sintomas da doença são os carcinomas e os melanomas.

A médica explica ainda que existem dois tipos de Câncer de pele: melanoma (mais grave, pois tem mais chance de dar metástase) e câncer de pele não melanoma.

“Se o câncer de pele for diagnosticado com lesão pequena, inicialmente, a chance de cura é de 100%. Se o melanoma é diagnosticado já em estágio avançado, a chance de cura é baixa, cerca de 22%”, alerta a médica.

Compartilhe: