Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Notícias

Defensoria Pública cobra instalação de calçada para moradores dos residenciais Vida Nova

A Defensoria Pública enviou ofício à Prefeitura de Barretos requerendo a implantação de calçada na via púbica que liga os residenciais Vida Nova I, II, III e IV ao restante da cidade, uma vez que, após a avenida Ibirapuera ou a passagem pelo Frigorífico para quem vem dali, não há calçada na via pública que chega até os referidos residenciais, estando os 2 lados da parte da via pública destinada à circulação de veículos dominados por vegetação alta.

“No ofício, há menção de que nos residenciais há aproximadamente 4 mil casas, onde residem cerca de 11 mil famílias, segundo dados do próprio município, além de que a calçada é parte da via pública destinada à circulação de pessoas, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro, cabendo ao município implantar calçada dos dois lados da via pública, pois que atualmente há apenas local para circulação de veículos e ao lado desta parte há um matagal, de modo que as pessoas que não possuem veículo automotor têm que passar pela parte da via pública destinada à circulação de veículos e sofrer risco de acidente e atropelamento”, explica o defensor Fábio Henrique Esposto.

Ao final, a Defensoria indaga sobre a possibilidade de o município implantar calçada dos dois lados da via pública que liga os residenciais do Vida Nova ao restante da cidade, bem como o prazo que isso ocorreria, sendo solicitada também a poda da vegetação que ladeia a avenida para que as pessoas que não possuem veículo, provisoriamente, tenham por onde transitar.

Segundo Fábio Esposto, não é justo que as pessoas que não possuam veículos automotores não tenham sequer um local seguro para trafegarem a pé, tendo que se deslocar por entre os carros que passam pelo local em alta velocidade pelo único ponto que liga os residenciais ao restante da cidade.

Compartilhe: