domingo, 12 de julho de 2020

Notícias

Defensoria Pública ajuíza ação para pagamento de promoções a educadores e professores

A Defensoria Pública ajuizou ação civil pública em face do Município de Barretos a fim de que seja pago aos ocupantes dos cargos de Educador de Educação Infantil, Educador de Criança e Adolescente, Professor de Educação Infantil e Professor de Atividades Complementares que cumprem jornada de 40h semanais e 200h mensais, os percentuais relativos às promoções por padrões (5%) e níveis (2%) sobre o piso nacional dos professores que atualmente é de R$ 2.886,24.

Compartilhe: