segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Notícias

Defensoria busca informações sobre suspensão de direitos de profissionais da saúde

Após o recebimento de reclamação, a Defensoria Pública, através do defensor público Fábio Esposto,enviou ontem (8), um ofício à Secretaria Municipal de Saúde, indagando a respeito da vedação do exercício dos direitos a gozo de férias, licença-prêmio e abono pelos funcionários ali lotados.
De acordo com o defensor, no início da pandemia havia sido proibido o exercício de tais direitos em razão do afastamento de diversos funcionários pertencentes ao grupo de risco que poderiam ser contaminados pelo COVID-19. “Atualmente todos foram reintegrados, de modo que a medida não se justificaria neste momento”, explicou Dr. Fábio. No ofício, o defensor, pede uma resposta do secretário de saúde em sete dias, com exposição dos motivos que levaram à medida, além de retomada imediata do gozo dos direitos pelos funcionários ali lotados.

Compartilhe: