Ir para o conteúdo

sábado, 20 de julho de 2024

Notícias

Copom decide futuro da Selic em meio a divisões e incertezas econômicas

Nesta quarta-feira, dia 19 de junho, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reúne para decidir o destino da taxa básica de juros, a Selic, em um cenário de incertezas econômicas e divisões entre seus membros.

Desde agosto do ano passado, o Copom tem promovido uma série de cortes na Selic, que atualmente está em 10,5% ao ano. A discussão agora gira em torno de se este ciclo de reduções será encerrado ou se haverá espaço para um último corte de 0,25 ponto percentual, frente à recente valorização do dólar, aumento da inflação e elevação dos juros nos Estados Unidos.

A última reunião do Copom, em maio, deixou de antecipar as próximas ações do comitê, o que intensificou as especulações sobre os próximos passos da política monetária. De acordo com a última edição do boletim Focus, que reúne as projeções de analistas de mercado, a expectativa é de que a Selic permaneça estável em 10,5% ao ano até o final de 2024, um ajuste frente às estimativas anteriores que indicavam um fechamento do ano em 10%.

O mercado financeiro aguarda com expectativa o desfecho da reunião desta quarta-feira. Nas últimas sete reuniões, o Copom aplicou seis cortes de 0,5 ponto percentual e um corte de 0,25 ponto percentual, refletindo uma política de estímulo à economia em meio aos desafios enfrentados pela pandemia e pelo ambiente econômico global.

Compartilhe: