Ir para o conteúdo

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Notícias

Contratação de energia solar termina em registro policial

A ocorrência foi apresentada pelo Policial Militar, cabo Roberta, tendo ela informado que foi acionada a comparecer até o bairro Fortaleza, em uma residência onde estaria funcionando uma empresa de instalação de placas solares, e no local ela manteve contato com a vítima A.R.M.S., 39 anos, a qual relatou que no mês de dezembro de 2021, fez um contrato para instalação de placas solares em sua residência, sendo todas as parcelas devidamente pagas, porem a empresa vem dando desculpas para o não cumprimento da instalação e que no início do contrato, as partes teriam um acordo de ser cumprido em até 90 dias, e com isso já se passaram seis meses.
Ainda de acordo com a vítima, ela tentou por diversas vezes manter contato com a empresa para resposta do atraso, e a empresa chegou a dizer que o material estava com prazo de entrega atrasado.
A vítima que mora em Ituverava, descontente com toda a situação, e não conseguindo solucionar seu problema com a empresa pelo telefone, veio até Barretos na tentativa de solucionar a questão de devolução do dinheiro ou um prazo para realizar a instalação, mas na sede da empresa, as pessoas que estavam no interior do local se recusaram a lhe atender, sendo necessário o acionamento da Policia Militar, que lá compareceu e então foram atendidos pela secretaria da empresa, a qual ficou responsável por entrar em contato com os proprietários.
Em seguida, um dos proprietários compareceu até empresa, porém não houve acordo entre as partes, sendo então todos conduzidas até o plantão policial, onde também não entraram em acordo.
A vítima informou já ter procurado o PROCON, porém foi informada que não conseguiram realizar a intimação da empresa, tendo em vista a dificuldade de os mesmos serem localizados, e sobre os pagamentos a vítima informou que os mesmos foram realizados mediante financiamento no valor de R$17.500,00, junto ao banco e que o dinheiro do financiamento foi pago diretamente para empresa, salientando que a
vítima que única coisa que foi instalada em sua residência, foi realizado após 90 dias de contrato, sendo uma estrutura metálica para suporte das placas, e nada mais e que no dia 15/06/2022, vai fazer seis meses da contratação da instalação.
Ao final a vítima Informou que foi tratada com descaso em algumas ocasiões e que ficou sabendo que outras pessoas tiveram o mesmo problemas com a empresa, sendo orientada do prazo para representação.

Compartilhe: