Ir para o conteúdo

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Notícias

Carreata abordou vacinação e taxas do governo estadual, afirma APEOESP

No sábado, a APEOESP, juntamente com o Sindicato dos Bancários, Sindicato da Construção Civil e a sociedade civil estiveram reunidos em carreata onde abordaram várias pautas relacionadas à política de vacinas do Governo Federal e Estadual. Segundo a coordenadora da APEOESP, Ana Cláudia Santos, apesar de não termos as vacinas suficientes, o Governador de São Paulo insiste na volta às aulas presenciais na Rede Estadual. “A saúde e a vida é um direito de todose esses governantes tem a obrigação de garantir vacinação pública para toda população”, afirmou Ana.
As carreatas prosseguem nesta semana e no dia 1º de fevereiro tem outra carreata agendada. “Nós reivindicamos vacinas gratuitas para todos, vacinação dos professores nesta primeira fase, redução do ICMS e do ITCMD (após morte) que aumentou de 4% para 8%, volta do auxílio emergencial, não ao fechamento dos bancos públicos,aprovação do PDL que extingue o decreto que confisca de 12% a 16% das aposentadorias dos servidores públicos e outros reivindicações”, afirmou Ana Claudia.
Segundo ela, o movimento pede o impecheament do presidente Jair Bolsonaro e do governador de São Paulo, João Doria.

Compartilhe: