quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Notícias

Candidatos a prefeito declaram bens de R$ 2,32 milhões à Justiça Eleitoral

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sete dos oito candidatos a prefeito de Barretos nas eleições de 15 de novembro declararam patrimônio de R$ 2,32 milhões à Justiça Eleitoral. O único a não declarar foi José Lambari, do PMB.
Segundo o TSE, Raphael Dutra, da coligação PROS/ SD/Patriota, é o candidato com o maior patrimônio registrado, totalizando R$ 574.218,06, seguido por Joana Soleide (Podemos), cujos bens totalizam R$ 513.235,79. A lista ainda tem Luiz Tegami (PV/PDT/PSB), com patrimônio de R$ 185.000,00, Paula Lemos (PP/PL/Cidadania/DEM) – R$ 141.550,45, Ângelo Duarte (PTB) – R$ 324.588,28, Dra Glaucia Delegada (Avante/PSDB/Solidariedade, Republicanos/MDB) – R$ 403.673,34 e Dr. Munir (PSL) – R$ 180.658,93.
Ainda segundo a Justiça Eleitoral, Ângelo Duarte recebeu R$ 30 mil em recursos para a campanha e gastou até esta terça-feira R$ 12.389,60. A receita da Dra Glaucia chegou a R$ 259.050,00 e as despesas somaram R$ 226.458,00. Já a prestação de contas parcial do Dr. Munir aponta receitas de R$ 50 mil, com gastos de R$ 39.475,00). Joana Soleide informou receitas de R$ 40 mil e despesas de R$ 30.305,80.
Segundo TSE, Luiz Tegami obteve recursos de R$ 10 mil, com despesas de R$ 7.300,00. Paula Lemos informou que já arrecadou R$ 125.500,00 e gastou R$ 190.584,51. A arrecadação de Raphael Dutra somou R$ 64.229,00, com despesas de R$ 31.600,00. José Lambari ainda não apresentou receitas nem despesas de campanha.

Compartilhe: