Ir para o conteúdo

sexta-feira, 12 de julho de 2024

Notícias

Canadá na Vanguarda da Regulação de Redes Sociais e Serviços Online: Lições Compartilhadas com o Brasil

O Canadá se destaca internacionalmente como um dos líderes na regulamentação do funcionamento das redes sociais e serviços online, adotando medidas significativas para promover a mídia local, proteger os usuários e combater conteúdos nocivos na internet. Essas iniciativas foram discutidas e compartilhadas com o público brasileiro por Taylor Owen, renomado professor associado da Escola Max Bell de Políticas Públicas da Universidade McGill, em Montreal.

A legislação canadense abrange diversos aspectos essenciais para o ecossistema digital. A lei do streaming, por exemplo, impõe às plataformas a obrigação de financiar a mídia local e promover conteúdo nacional, visando fortalecer a diversidade cultural e a produção jornalística regional. Além disso, outra lei estabelece que os buscadores devem remunerar as empresas de mídia local pelo uso de suas notícias online, uma medida crucial para sustentar o jornalismo independente em tempos de mudança digital.

Recentemente, o Parlamento canadense tem debatido uma proposta legislativa ainda mais abrangente, que visa responsabilizar mídias e plataformas digitais na redução da exposição a conteúdos prejudiciais. Isso inclui medidas contra o bullying, a sexualização de crianças, a incitação ao extremismo, à violência e ao ódio online. Essa iniciativa reflete um compromisso sério em proteger os usuários, especialmente os mais vulneráveis, e promover um ambiente digital seguro e saudável para todos.

Taylor Owen, também diretor fundador do Centro para Mídia, Tecnologia e Democracia, destacou a importância de aprender com a experiência canadense e adaptar princípios similares às necessidades brasileiras. Em um contexto global onde as plataformas digitais desempenham um papel central na disseminação de informações e na interação social, a regulamentação adequada é crucial para equilibrar liberdade de expressão e responsabilidade.

Compartilhe: