domingo, 29 de novembro de 2020

Notícias

“Brasileiro resolveu investir em imóvel”, afirma Renato Peghim

O ano de 2020 foi um ano bastante complicado para todo o mundo, em virtude da pandemia do novo coronavírus. Apesar dessas dificuldades, o mercado imobiliário está aquecido, com as vendas de materiais de construção e várias obras em andamento na cidade. Em várias empresas está tendo falta de material de construção, e com a redução dos juros bancários para aplicação, investir em imóveis tem sido uma boa opção. “Essa situação fez com que o brasileiro investisse em imóvel, para ter uma maior rentabilidade”, explicou Renato Peghim, que é empresário do setor imobiliário.
De acordo com o empresário, após a construção de vários loteamentos que eram necessários, a tendência tem sido os condomínios fechados e a verticalização que é a construção de prédios, com vários projetos em andamento na região do Hospital de Câncer, no centro, próximo a Faculdade de Medicina, região do Unifeb e da faculdade Barretos. “A população tem feito essa preferência por questões de segurança e estão comprando para investir e ter o retorno do aluguel”, destacou Renato.
Para Peghim, é o momento de comprar devido a excelente construtoras e boas imobiliárias na cidade atuando na comercialização. “É o momento de investir”, finalizou.

Compartilhe: