quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Notícias

Barretenses são presos com maconha, ecstasy e “loló” em Guaraci

Três homens de Barretos, identificados como T.J.O. 34 anos, morador no bairro Bendito Realindo Correa, P.P.S., 31 anos, morador no bairro Ibirapuera e H.W.M., 28 anos, morador no centro da cidade, foram presos na cidade de Guaraci pelo crime de tráfico de drogas.
Segundo o que foi informado pelos Militares, cabos Silva Nunes e Luiz Felipe, eles receberam denúncia anônima que os ocupantes de um veículo Fiat Uno, preto, com placas de Barretos, iriam se deslocar até a cidade de Guaraci, com a finalidade de realizar o comércio ilícito de entorpecentes na orla do bairro Riviera, onde existe a concentração de jovens, os quais promovem festas.
Desta forma, visando apurar a veracidade da denúncia, os Militares deram inicio a uma operação, então, em dado momento, eles visualizaram um veículo Fiat Uno, preto, seguindo pela Vicinal João Romeiro Lopes, sentido Barretos/Bairro Riviera, quando então os policiais solicitaram para que o motorista parasse o veículo, porém não foram atendidos, ocorrendo o acompanhamento.
Cerca de, aproximadamente, 300 metros adiante, os Militares conseguiram realizar a abordagem junto ao veículo, e em revista pessoal junto ao T.J.O., foram encontrados R$2.553,00 em cédulas diversas e um aparelho celular, enquanto que com H.W.M., foram encontrados R$1.379,00 também divididos em várias cédulas e no interior de uma pochete que ele trazia, os policiais encontraram duas porções pequenas de maconha, um tijolinho da mesma erva e um aparelho celular.
Com P.P.S., nada de ilícito foi encontrado, mas no interior do veículo foram encontrados três galões contendo 11 litros e meio de um liquido semelhante ao “loló” e 105 comprimidos, provavelmente, de uma droga sintética, em cores variadas.
Os três homens receberam voz de prisão e foram levados para a delegacia de Barretos, onde as prisões foram ratificadas e ele levados para a cadeia da cidade de Colina.
Toda a droga, dinheiro e demais objetos, foram devidamente apreendidos.

Compartilhe: