Ir para o conteúdo

quinta-feira, 04 de março de 2021

Notícias

Arma utilizada na morte de açougueiro foi apreendida

Duas testemunhas foram ouvidas na delegacia de Barretos pela delegada, Dra. Denise Vichiato Polizeli, sobre o primeiro homicídio do ano em Barretos e que teve como vítima o açougueiro José Eduardo de Lima, 24 anos, morto a facadas pelo seu companheiro João Carlos da Silva, 28 anos, enfermeiro.
Sobre os detalhes que cercam o crime, consta no boletim de ocorrência, que os policiais quando chegaram ao local do crime, encontraram o autor com uma faca na mão, estando ele em cima da vítima, sendo observado ainda que o autor apresentava um ferimento na cabeça e vários hematomas pelo corpo.
A casa onde vítima e autor moravam é um imóvel novo, bairro Vida Nova, recém-construído, e o interior da casa estava em desordem generalizada, com sangue por todo o imóvel, várias facas pelo chão, indicando que os dois entraram em luta corporal e brigaram bastante.
Também havia bastante bebida no local e, aparentemente, somente os dois estavam se confraternizando, sendo apreendidas duas facas no local, uma de cabo preto, que estava aparentemente limpa, encontrada do lado de dentro do portão da casa, e outra de cabo branco, que estava suja de sangue e amassada, sendo, provavelmente a faca utilizada no crime e que foi encontrada do lado de fora da casa.
As duas testemunhas, em depoimento, confirmaram os fatos e suas circunstâncias, tendo João Carlos em seu interrogatório, confessado o crime, aparentando estar embriagado e falando em tentar contra a própria vida, sendo providenciada sua imediata transferência para a cadeia de Colina, onde permaneceu preso.

Compartilhe: