Ir para o conteúdo

sábado, 27 de fevereiro de 2021

Notícias

APEOESP aponta despreparo das escolas estaduais para volta às aulas

A APEOESP – Sindicato dos Professores de São Paulo – em reunião online no último dia 13, manteve o compromisso em defesa prioridade da vida diante de 50 mil mortes no estado de São Paulo e 205 mil no Brasil. De acordo com o professor Dorival Aparecido da Silva, conselheiro estadual da APEOESP, o governo de São Paulo, também se mostra irresponsável com início das aulas para o dia 1º de fevereiro. “A Rede Escolar tem a maioria das escolas despreparadas fisicamente e com falta de funcionários para os protocolos estabelecidos pelas autoridades médicas”, afirmou Dorival.
Segundo o dirigente, a APEOESP só defende a volta às aulas com a vacinação em massa dos profissionais da educação juntamente com os profissionais da saúde, idosos e indígenas, além do controle total da pandemia com redução dos casos da doença e a existência de trabalhadores nas escolas que garantam a segurança escolar. “Estamos fazendo gestões junto ao Supremo Tribunal Federal para que a vacinação dos profissionais da educação seja realizada na primeira etapa”, ressaltou.

Compartilhe: