Ir para o conteúdo

terça-feira, 05 de março de 2024

Notícias

Alimentos e bebidas ficam 1,03% mais caros em 2023

Alimentos e bebidas ficaram 1,03% mais caros em 2023, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (11).

A variação foi a menor desde 2017, quando os alimentos ficaram 1,87% mais baratos no Brasil.

Em 2022, o grupo fechou o ano com alta de 11,64%, 5,85 pontos percentuais acima da inflação do ano.

Apesar da alta no grupo como um todo, o subgrupo Alimentação no domicílio viu seus preços caírem 0,52% no ano. Entre as 16 maiores quedas no ano, todos os itens são alimentos.

Entre eles, óleo de soja (-28%), cebola (-25,32%) e leite condensado (-13,59%) são exemplos de alimentos que além de ficarem mais baratos quebraram uma sequência de alta nos últimos anos.

Compartilhe: