sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Notícias

Ajudante de pintor é preso em flagrante por estupro no Conjunto Luís Spina

A vítima, uma mulher de 32 anos, teve a orelha dilacerada por mordida do agressor

Um homem de 48 anos, ajudante de pintor, foi preso em flagrante por Policiais Militares em um apartamento no Conjunto Luís Spina, pelo crime de estupro e agressão física contra uma mulher de 32 anos, que teve a orelha dilacerada por ele com uma mordida.
De acordo com as informações, por volta das 3 horas da madrugada, os Militares, sargento Uewerton e soldado Wanderson, cabos Cantarim e Medeiros, receberam do COPOM a informação de que em um apartamento no Condomínio Murano, havia uma mulher gritando por socorro, momento em que os policiais se dirigiram até o local e quando chegaram, ainda no térreo, eles ouviram uma pessoa gritando por socorro, além de ouvirem barulhos de música em alto volume e sons de tapas.
Os vizinhos informaram que aqueles barulhos haviam começado por volta da meia noite, sendo o apartamento identificado e observado que a porta estava trancada com uma corrente, a qual foi arrombada.
Ao adentrarem ao apartamento os policiais verificaram que a porta de um dos quartos estava trancada, e assim que a arrombaram, os Militares encontraram o homem nu, por sobre o corpo da mulher, que também estava nua.
Em relato a mulher informou que havia feito uso de crack com o indiciado e após isso, ele, por meio de agressões físicas, a forçou em manter relação sexual com ele, sendo dada voz de prisão ao homem e na delegacia o caso foi registrado como estupro, sendo ele recolhido em uma cela da cadeia anexa à Seccional de Polícia e depois levado para a cadeia da cidade de Colina, onde permanecerá à disposição da Justiça.
A mulher recebeu atendimento médico, apresentando graves lesões em sua orelha.

Compartilhe: