sábado, 23 de janeiro de 2021

Notícias

Adolescentes com 17 e 15 anos são apreendidos por tráfico no Dom Bosco

Policiais Militares da Força Tática e do Tático Comando apreenderam os menores G.L.S., 17 anos, morador no bairro Nogueira e C.H.P.S., 15 anos, morador no bairro Dom Bosco, sendo também apresentado o investigado F.C.F.A., 18 anos, morador no bairro Dom Bosco, com maconha, cocaína, celular e dinheiro.
Segundo consta, os policiais estavam em patrulhamento preventivo pelo bairro Dom Bosco, quando eles foram abordados por uma pessoa que então informou que no cruzamento da Rua Lauro Eugenio dos Santos Reis com a Avenida Anderson de Carvalho, havia três pessoas debaixo de uma árvore e eles estavam traficando drogas, sendo eles pessoas de pequena estatura e um deles com o cabelo de cor amarelo.
Neste local os policiais localizaram os denunciados e um deles arremessou algo das mãos, caindo próximo onde estavam, enquanto o outro arremessou uma sacola em cima do telhado de uma casa vizinha.
O de cabelo amarelo e que dispensou algo das mãos, foi identificado como G.L.S., e o que ele dispensou foi um invólucro com um pedaço de maconha prensada, uma porção de maconha pronta para venda e a quantia de R$30,00, enquanto que com o menor C.H.P.S. havia R$17,00 e mais 11 pinos com cocaína, no bolso de sua jaqueta, além de uma porção de maconha.
Na sacola que foi jogada no telhado havia três porções de maconha, 40 pinos com cocaína, uma porção de cocaína e a quantia de R$145,00.
Com o maior de idade foi encontrado apenas um aparelho celular, e quando indagados, o menor G.L.S., negou a venda de drogas, enquanto que o C.H.P.S., confirmou a traficância por parte dos três, tendo o maior de idade, negado vender drogas, dizendo que havia acabado de chegar ao local.
Na delegacia, depois de tomar conhecimento dos fatos, foi determinado pelo delegado que os menores ficariam detidos em celas da cadeia da cidade de Colina, enquanto o maior de idade, depois de prestar esclarecimentos, seria liberado, sendo o caso encaminhado ao setor de investigação.

Compartilhe: