Ir para o conteúdo

segunda-feira, 15 de abril de 2024

Notícias

Adolescentes aplicavam golpe enviando comprovantes falsos durante compra de lanches

Os Policiais Militares, sargento Victor e soldado Vicente, informaram na delegacia que eles foram acionados a comparecerem até uma lanchonete na Avenida dos Coqueiros, onde foi relatado que desde a última sexta-feira, o proprietário do local estava recebendo alguns pedidos via aplicativo feito por uma pessoa, contudo, os comprovantes de pagamento, via Pix, eram falsos.

Desta vez foi feito novo pedido e então os policiais acompanharam o entregador até o local onde o lanche deveria ser entregue, ocasião em que abordaram dois adolescentes, identificados como K.U.F., 14 anos e P.F.A., 13 anos, os quais confessaram que realizavam o pedido e agendavam os pagamentos e em seguida eram enviadas imagens cortadas dos comprovantes de pagamentos para o proprietário da lanchonete.

Em seu relato, o entregador da lanchonete afirmou que ele havia entregado lanches para o adolescente P.F.A., na sexta-feira e também no sábado e que no domingo foi fazer uma nova entrega, mas não encontrou ninguém e retornou com a encomenda para a lanchonete, ocorrendo um novo pedido desta vez, mas o dono da lanchonete já tinha o conhecimento de que os comprovantes de pagamentos eram falsos e acionou a Polícia Militar, que o acompanhou ao local da entrega, no bairro Mais Parque, ocasião em que os policiais abordaram o adolescente K.U.F., que confessou o “esquema” e informou onde estava o outro adolescente.

Durante seus depoimentos os adolescentes confessaram o golpe, tendo a mãe do P.F.A., se comprometido a arcar com as custas de seu filho, no total de R$165,00, sendo informado pela vítima que o prejuízo total foi de R$329,00.

Ao final a vítima não desejou representar contra os adolescentes, sendo os mesmos liberados para suas mães e o caso encaminhado ao setor competente.

Compartilhe: