Ir para o conteúdo

segunda-feira, 22 de julho de 2024

Notícias

“A depressão é uma doença silenciosa”: Psicóloga orienta na identificação de pessoas com sintomas depressivos

Nos últimos anos, o cuidado com o bem-estar e a saúde mental no Brasil tem se intensificado e ganhado um espaço cada vez maior na rotina das pessoas.
A campanha do Setembro Amarelo, dedicada à conscientização e prevenção ao suicídio, aborda um tema delicado e que precisa da atenção de todos: a depressão.
De acordo com a psicóloga Nayara Rissão, 25, a depressão é uma doença silenciosa, porém há um conjunto extenso de sintomas psicológicos e/ou físicos que podem ser evidenciados durante o quadro já diagnosticado ou nos primeiros episódios da doença.
“Considerando que o sofrimento nem sempre é escancarado, podemos perceber os sintomas de depressão nas pessoas a partir do comportamento delas, tais como o afastamento repentino, isolamento, a alteração na alimentação que é quando a pessoa tem falta de apetite ou come demais, alteração no sono, hipersonia ou insônia, indisposição, são sintomas evidenciados em quadro de depressão”, ressalta.
A psicóloga enfatiza que a depressão tem cura, mas é preciso tratar todos os aspectos neurológicos e biológicos. “Entendemos que o tratamento é bem mais complexo, necessitando, em todos os casos, da psicoterapia, e, em alguns casos, do uso de medicamentos controlados”, esclarece.

Compartilhe: