quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Notícias

250 voluntários receberam primeira dose da Coronavac em Barretos

A parceria entre o Hospital de Amor e o Instituto Butantan seguem testando os profissionais da saúde nos estudos clínicos da vacina Coronavac. Segundo a médica Gecilmara Salviato Pileggi, que coordena os estudos em Barretos, até o momento 250 voluntários receberam a primeira dose e aproximadamente 100 receberam a segunda dose, sem registro de nenhuma intercorrência. “A nossa expectativa é atingir os 400 testes da vacina Coronavac, pois entendemos que muitos benefícios diretos e indiretos serão alcançados com o cumprimento desta meta, que vão além da proteção contra o corona vírus aos participantes, seus contatos e para toda sociedade, assim como a oportunidade de fazer parte desta história de esperança em voltarmos para a tão sonhado convivência com todos que amamos”, afirmou Dra. Gecilmara, que enalteceu as parcerias com o Instituto Butantan na qualificação dos profissionais e de novas frentes de pesquisa para a cidade e região.
Além dos profissionais da saúde, a médica explicou que vários voluntários de Barretos e região que não são da área da saúde tem procurado o hospital para participar da testagem, mas estão fora dos critérios do Instituto Butantan. “Isso nos deixa triste, pois vemos o verdadeiro desejo de participar como voluntários, fazer este exercício de cidadania e altruísmo. Neste momento, entendemos e acolhemos com muito respeito a todos e esperamos poder incluí-los em estudos futuros, que podem ser viabilizados”, explicou à coordenadora.
A médica Gecilmara Salviato Pileggi, explicou que o estudo está aberto para todos os profissionais da saúde com conselho profissional e que esteja direta ou indiretamente ligado nos atendimentos de pacientes com Covid-19, sendo necessário ter acima de 18 anos, mesmo quem já tenha sido exposto à infecção previamente.

Compartilhe: