Ir para o conteúdo

terça-feira, 05 de março de 2024

Esportes

 Santos chega ao final do Brasileirão com sérios problemas em seu setor defensivo

Após perder em casa para o Fluminense por 3 a 0, o Santos volta a ver de perto os perigos da zona de rebaixamento no qual o clube chegou a se afastar por algumas rodadas consecutivas e a situação fica ainda pior quando se observa que o Peixe tem grande parte de seu sistema defensivo entregue ao Departamento Médico, o que obrigou durante alguns jogos os zagueiros Messias e Joaquim a jogarem pendurados.

Essa situação tem causado grande preocupação internamente no Santos, levando em consideração que a primeira opção no banco de reservas caso um deles receba o terceiro amarelo é um garoto de 18 anos, e esse jovem trata-se de Jair Cunha, que além de pouca experiência acabou de se recuperar de uma lesão no joelho, o que poderia deixar o Santos extremamente exposto caso o jogador tivesse que atuar.

Diante disso, Marcelo Fernandes tratou de alertar o grupo praticamente todos os dias, pedindo no vestiário para que os jogadores titulares tivessem cuidado com as faltas para não se tornarem desfalques.

Atualmente o alvinegro praiano ocupa a 15ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro com 43 pontos conquistados, apenas dois a mais que o Bahia e um a mais que o 16º colocado que é o Vasco da Gama.

Compartilhe: