Ir para o conteúdo

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Esportes

Reforço do Atlético-MG conta por que “abandonou” Endrick e o Palmeiras

Nesta sexta-feira (12), o meia-atacante Robert Santos foi oficialmente apresentado pelo Atlético-MG. Bastante elogiado por Victor, diretor-executivo do clube, o jogador de 21 anos não escondeu a alegria de atuar ao lado de Hulk, Paulinho e companhia. Ele, inclusive, classificou a oportunidade como a “última da carreira”.

Destaque do Athletic no Campeonato Mineiro, o baiano estava sem atuar profissionalmente havia um ano. Robert iniciou a carreira no futebol defendendo o time sub-15 do Jacuipense, em 2017. No ano seguinte, foi para o Vitória, onde ficou até 2020, antes de ser visto pelo Palmeiras.

Na equipe sub-17 do Verdão, atuou com Endrick, vendido por mais de R$ 250 milhões ao Real Madrid, da Espanha.

Durante a apresentação no Galo, Santos foi perguntado sobre a oportunidade de ter defendido o clube paulista e de ter atuado ao lado de uma das maiores revelações da atualidade no futebol mundial. Na resposta, ele surpreendeu pela revelação.

“Me ajudou bastante a ver o outro lado da vida. Errei no Palmeiras, saí por conta própria porque não receberia férias. Fui para casa curtir a minha família e não voltei mais”, contou o meia-atacante, que tem vínculo com o Atlético-MG até dezembro.

Compartilhe: