Ir para o conteúdo

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Esportes

James Rodrigues deverá jogar somente a partir da 3ª rodada o Paulistão 2024

Ainda sem James Rodriguez o São Paulo definiu os jogadores inscritos para o Campeonato Paulista 2024, deixando espaço para o colombiano na lista A.

Desta forma o camisa 19 deverá ser relacionado pelo técnico Thiago Carpini na terceira rodada do estadual para começar a sua trajetória nesta temporada com a camisa do Tricolor.

James Rodriguez, Rafinha, Moreira e Michel Araújo, não foram ao Morumbi e ficaram no CT da Barra Funda fazendo trabalho sobre controle de cargas e os três ficaram de fora da lista inicial.

Apesar disso, não existe alarmismo sobre a situação do craque, já que James Rodriguez faz parte do “time ideal” de Carpini, que pensa formas de fazer com que o colombiano se encaixe com Luciano, Calleri e Lucas Moura.

Durante os treinamentos, o colombiano sentiu um leve desconforto e para não agravar a situação, ficará fazendo controle de carga até a próxima quarta-feira, sendo observado de perto, mas não existe nenhum alarmismo em relação a sua situação, contudo, resta esperar para saber se o jogador terá rendimento dentro de campo.

“Impossível te responder isso (se hoje ele é titular). Tivemos um dia de treino, vamos definir o plantel para os jogos. Não tem como dizer se esse é titular ou não. Vai jogar um jogo, vamos intercalando”, afirmou Thiago Carpini em sua coletiva de apresentação.

“Se eu fosse definir 11, impossível fazer isso num treino. E não é isso que acredito. Não é dessa maneira que eu trabalho. Dentro do todo, do coletivo, vamos ter sempre essa característica”, continuou o treinador.

“Pelo o que eu já conheço desses atletas, a gente acompanha muito a trajetória. O James tem uma função mais específica, os outros temos mais alternativas, um leque de funções”, disse o treinador”.

“O Lucas faz mais de uma função. O Luciano faz mais de uma função, o Rato… O Ferreira mais no pé contrário. E o James talvez seja mais o meia, meia. O 10 centralizado, que tenhamos de adaptar para fluir o que ele tem de melhor”, continuou.

“Tive uma situação parecida no meu último trabalho. Que a gente possa ter um entendimento em cima do adversário, em cima de cada competição, principalmente em cima de um objetivo maior”, revelou Carpini, falando sobre Nenê, no Juventude.

Compartilhe: