Ir para o conteúdo

quinta-feira, 13 de junho de 2024

Esportes

Afundado em grave crise, Corinthians perde patrocínio milionário    

O Corinthians enfrenta uma grave crise dentro e fora de campo, sendo que nas quatro linhas o Timão realiza campanha pífia e figura na zona de rebaixamento no Brasileirão, mantendo as esperanças de obter alguma coisa na Copa Sul-Americana.

Fora de campo, o Corinthians vem acumulando perdas atrás de perdas e o último golpe foi duro, pois o maior contrato de patrocínio da América não existe mais.

Seriam R$ 120 milhões anuais, com pagamento total (envolvendo luvas) de R$ 370 milhões em três anos, mas logo depois, soube-se que o Corinthians, e não o patrocinador, teriam de arcar com a multa de rescisão com a Pixbet, patrocinadora anterior.

N entanto, o estopim da ruptura da Vai de Bet foi a notícia sobre o pagamento a um intermediário na confecção do contrato, que repassou cerca de R$ 1 milhão a uma empresa laranja.

Recentemente, a Vai de Bet fez uma série de notificações ao Corinthians, que vão desde pedidos de esclarecimentos sobre os repasses até alertas de descumprimentos de cláusulas contratuais e dentro do clube isto foi visto com preparação da Vai de Bet, para uma eventual briga judicial, sendo que, em nota, a empresa justificou a rescisão unilateral por não receber esclarecimentos solicitados desde o início de abril.

Em seu retorno de viagem a Londres, o presidente Augusto Melo reuniu-se com os jogadores e pediu um voto de confiança, sendo o mesmo discurso da semana da posse e da reapresentação do elenco, em janeiro. Em cinco meses, o Corinthians anunciou a renovação de contrato de Lucas Veríssimo e depois sua saída, viveu crise com o diretor de futebol, Rubens Gomes, teve a saída do goleiro Cássio e a provável perda de Carlos Miguel, seu substituto.

Gaúchos jogam neste sábado (08) pela Libertadores e Sul-Americana

Retomando suas atividades após a tragédia que causou irreparáveis estragos no estado do Rio Grande do Sul, os dois gigantes gaúchos voltam a campo neste sábado.

Pela Libertadores da América e Grêmio recebe o Estudiantes as 19 horas, enquanto que pela Copa Sul-Americana, ás 21h30, o Internacional recebe o Delfin.

Compartilhe: