segunda-feira, 23 de julho de 2018

Notícias

Preço do gás de cozinha na cidade é o segundo mais barato da região

O consumidor barretense paga, na média, R$ 60 pelo botijão com 13 quilos de gás de cozinha (GLP). O preço é o segundo mais baixo segundo pesquisa de preços feita pela ANP (Agência Nacional de Petróleo) na região entre os dias 4 e 10 de março. O valor mais em conta foi encontrado em Olímpia, onde os moradores pagam R$ 57,50.
Ribeirão Preto é a cidade onde o botijão com GLP custa mais caro. Lá, a agência reguladora encontrou o produto custando, na média, R$ 78,32. Os demais preços médios encontrados na região foram: Bebedouro (RS 67,06), Rio Preto (R$ 63,15), Catanduva (R$ 65,36), Sertãozinho (R$ 63,22) e Jaboticabal (R$ 61,25).
O preço do GLP subiu oito vezes nas refinarias da Petrobras nos últimos 10 meses. Desde março de 2017, a alta acumulada chega a 63%.
Desde 2003, a estatal pratica preços diferentes para o gás liquefeito de petróleo (GLP, o gás de cozinha), de acordo com o tipo de consumidor: o gás envasado em botijões de 13 quilos é mais barato do que o destinado a vasilhames maiores ou a vendas a granel.

Compartilhe: