quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias

Operação Independência – Policiais ambientais flagram homens pescando ilegalmente

A Polícia Militar Ambiental registrou duas ocorrências de pesca ilegal, sendo que no primeiro registro, os policiais militares ambientais, sargento Casagrande, cabos Wendel e Belli, além do soldado Thiago, estiveram na delegacia de Barretos informando que durante “Operação Independência”, a equipe compareceu ao município de Colômbia, a fim de desenvolver patrulhamento embarcado.
Ocorre que na confluência do Rio Grande com o Rio Pardo, eles abordaram sete pescadores amadores pescando a menos de 500 metros da confluência dos rios, contrariando o código do IBAMA.
Desta forma, todos eles foram autuados com penalidade de advertência, tendo em vista que ainda não haviam capturado pescado.
A Polícia Ambiental orienta aos pescadores que antes de iniciarem a pescaria, procurem a unidade policial para obter informações das regras, ou leiam a Instrução Normativa IBAMA 26/2009, que traz todas as normas a respeito.
Foram apreendidos sete caniços, sendo o caso registrado como pesca ilegal.
Já na segunda ocorrência, a mesma equipe de policiais, em patrulhamento embarcado, realizou operação próxima ao porto Bambu, onde foi abordada uma embarcação com dois pescadores amadores que haviam capturado dois peixes (Pintado), sendo que os peixes possuíam 53 e 55 centímetros, respectivamente, com peso de 2,19 kg, contrariando as determinações do IBAMA, que fixa o tamanho mínimo para captura em 90 centímetros.
Diante disso, os dois pescadores foram autuados com penalidade de multa simples, nos valores de R$720.00 e R$723.80, respectivamente.
O barco, motor e cinco caniços com molinetes foram apreendidos, enquanto os peixes foram devolvidos ao ambiente aquático.
Ao final, foi relatado pelos policiais que o fato configura crime do artigo 34 da Lei 9.605/98, com pena de detenção de um ano a três anos.

Compartilhe: