terça-feira, 21 de maio de 2019

Notícias

Oito barretenses são internados por mês para tratamento da diabetes

Doença causou o óbito de 5 pessoas no ano passado na cidade
Dados do Ministério da Saúde mostram que somente nos dois primeiros meses deste ano, 16 barretenses ficaram internados para tratamento da diabetes, com média de 8 internações por mês em hospitais da rede pública da cidade. O Sistema Único de Saúde (SUS) desembolsou R$ 24.574,51 para o pagamento dos procedimentos. Cada paciente ficou, em média, 6,8 dias internado.
O ministério informou que dos 16 pacientes, 12 tinham idades acima dos 50 anos e quatro estavam na faixa entre 15 e 40 anos de idade. Em relação ao sexo, quatro pacientes eram mulheres e 12 homens.
Em todo o ano passado, foram 65 internações, com média de 5,4 por mês. O SUS pagou R$ 81.567,88 pelos procedimentos. Cinco pacientes acabaram falecendo por complicações.
A doença
Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue (hiperglicemia). Pode ocorrer devido a defeitos na secreção ou na ação do hormônio insulina, que é produzido no pâncreas, pelas chamadas células beta. A função principal da insulina é promover a entrada de glicose para as células do organismo de forma que ela possa ser aproveitada para as diversas atividades celulares. A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta, portanto em acúmulo de glicose no sangue, o que chamamos de hiperglicemia.
É importante que o paciente compareça às consultas regularmente, conforme a determinação médica, nas quais ele deverá receber orientações sobre a doença e seu tratamento.

Compartilhe: