sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Notícias

NOTAS GERAIS

Está em vigor a partir…

… de ontem (19) a norma da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, que amplia para 78 os setores da economia com autorização permanente para que funcionários possam trabalhar aos domingos e feriados civis e religiosos. A portaria que dispõe sobre a medida está publicada na edição desta quarta-feira (19) do Diário Oficial da União. Nessa terça-feira (18), o secretário Rogério Marinho informou, por meio da rede social Twitter, que havia assinado a portaria. Segundo ele, a norma abrange, entre outros setores, o comércio, a indústria, os transportes em geral, a educação e a cultura.

O futuro ministro da…

… Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, disse que pretende buscar proximidade com o Congresso Nacional e ressaltou sua trajetória como assessor parlamentar do Exército. “O que eu aprendi trabalhando três anos e meio como assessor parlamentar, é que é mais fácil ser um construtor de pontes do que uma pessoa que evita o relacionamento. As ideias são diferentes, mas nós temos que ter a capacidade de, por meio do diálogo, da conversa, buscar soluções conjuntas para os problemas do Brasil”, disse em vídeo divulgado pelo Palácio do Planalto.

O presidente Jair Bolsonaro…

… sancionou a lei de combate a fraudes previdenciárias. A nova legislação é resultado da Medida Provisória 871, aprovada pelo Congresso Nacional no último dia 3 de junho. O texto cria um programa de revisão de benefícios com indícios de irregularidades e autoriza o pagamento de um bônus para os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para cada processo analisado fora do horário de trabalho. A proposta também exige um cadastro para o trabalhador rural feito pelo governo, e não mais pelos sindicatos, como é feito hoje.

O número médio de anos…

… de estudo no Brasil aumentou entre 2016 e 2018. O indicador passou de 8,9 anos para 9,3 anos em 2018. Desde 2016, essa média vem crescendo, anualmente, 0,2 ano. Entre as mulheres ficou em 9,5 anos, enquanto entre os homens é de 9 anos. A diferença entre pessoas brancas, pretas e pardas é evidente neste caso. As brancas registraram 10,3 anos, mas o número cai para 8,4 anos nas pretas e pardas, uma diferença de quase dois anos que se mantém desde 2016. Os dados estão incluídos na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Educação 2018 (Pnad Educação), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O analfabetismo no Brasil…

… caiu entre 2016 e 2018. Na faixa entre 15 anos ou mais, passou de 7,2% em 2016 para 6,8% em 2018. No ano passado, eram 11,3 milhões de pessoas nesta condição.
Na comparação com 2017, a queda de 0.1 ponto percentual corresponde a menos 121 mil analfabetos entre os dois anos. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Educação 2018 (Pnad Educação), divulgada ontem (19), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o levantamento, o analfabetismo no Brasil está diretamente associado à idade. Quanto mais velho o grupo populacional, maior a proporção de analfabetos.

Alunos das escolas da…

… rede estadual de São Paulo poderão receber atendimento de psicólogos e assistentes sociais. É o que prevê um projeto aprovado pelos deputados na Comissão de Educação e Cultura, em reunião realizada na terça-feira (18). O deputado Daniel José (NOVO) considerou importante a presença desses profissionais auxiliando os alunos que necessitem de atendimento. “É fundamental uma vez que as escolas vivem realidades duras. São recorrentes entre os alunos casos de depressão, violência, vandalismo, bullying. A secretaria já tem se adiantado para buscar suprir a demanda com esses profissionais”.

O terceiro plantão da biometria…

… deste ano teve recorde de público e registrou 40.038 atendimentos. O número é quase 40% superior à quantidade de eleitores atendidos no último plantão, que aconteceu no mês de maio e teve o comparecimento de 29.264 pessoas. O objetivo da ação é aumentar o número de eleitores com cadastro biométrico e oportunizar o atendimento aos cidadãos que trabalham e estudam durante a semana. Com os atendimentos realizados neste fim de semana, o Estado de São Paulo alcança 2 milhões de biometrias cadastradas desde janeiro deste ano. O número corresponde a 26,6% da meta para 2019, que é de 7,5 milhões.

Compartilhe: