segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Notícias

Henrique Prata destaca equilíbrio da Santa Casa, e confirma déficit de 25 milhões em sua gestão

Na tarde de ontem, o gestor da Santa Casa de Barretos, Henrique Prata, concedeu entrevista ao programa Opinião 1070, da Rádio Jornal, apresentado por Ewerton Ribeiro, onde fez um balanço sobre as conquistas obtidas pela Santa Casa de Barretos. O gestor da Santa Casa comentou a questão do equilíbrio financeiro do hospital com a conquista de novos recursos federais e estaduais.
Segundo Prata, com a autorização dos credenciamentos pelo Governo Federal que já tem autorizado 700 mil e outros 300 mil que temos direito junto a Secretaria Estadual de Saúde, com um índice de 78% de cumprimento de metas. “A Santa Casa tem um déficit de 1,3 milhão e se ocorrer o cumprimento por parte do Governo Estadual, como ocorreu com o Governo Federal, o hospital terá uma equação. Ficando faltando 300 mil que é o repasse dos municípios que encaminham pacientes para Barretos e não repassam para a Santa Casa”, afirmou.
Por outro lado, Henrique Prata, afirmou que em sua gestão a Santa Casa acumula uma dívida de 25 milhões de déficit. “Nós pegamos a Santa Casa onde os pobres não tinham assistência, não tinha um médico plantonista atendendo os pacientes, vagas na UTI sobrando e o restante morria sem assistência pelo SUS. A Santa Casa passou a cada trimestre de 49% de mortalidade para 21% atualmente”, explicou Prata.
Novos Médicos
O gestor da Santa Casa, Henrique Prata, afirmou que o hospital recebeu novos médicos vindo da USP de São Paulo e Ribeirão Preto, que tem várias especialidades e que melhoram o atendimento na unidade hospitalar. Segundo ele, a Santa Casa possui praticamente a mesma equipe, passando de 1050 para 930 colaboradores. “A equipe é a mesma, mas a filosofia da instituição é que mudou. Lá atendemos SUS, convênios e particular, e a patologia é pela gravidade em uma fila única”, afirmou Prata.
Conquista na Justiça
O gestor da Santa Casa, Henrique Prata, afirmou também ter conquistado na justiça, uma importante vitória, que vinha debitando do hospital de Barretos, os medicamentos que estavam sendo fornecidos via judicialmente pelo Governo de São Paulo. “Essa injustiça vinha ocorrendo contra a Santa Casa e a Fundação Pio XII e já avisei o governador”, explicou Prata.
Inauguração
Na sua entrevista, Henrique Prata, confirmou a vinda do presidente Michel Temer, em Barretos, para inauguração do Hospital que irá receber o nome do presidente em abril, e deverá contar também com a presença do novo governador que assume as funções.

Compartilhe: